Leia ouvindo: T.I feat Rihanna – Live your life

Há um ano atrás eu resolvi dar uma nova oportunidade para a corrida. Mesmo carregando inúmeras lesões no corpo, decidi passar por cima de todas elas para simplesmente sentir qual efeito a corrida iria fazer em mim.

Dores. Dores insanas. Quando não era em lugar, era em no outro e assim seguia. Muito treino de fortalecimento. Muita força de vontade. Muitas possibilidades se abriram desde então.

De tentativa, virou rotina. Uma baita válvula de escape para dias bons – e não tão bons assim. Na corrida, assim como na meditação, estou ali, presente. Ouvindo meu corpo e uma playlist animada no meu fone de ouvido. Bendito sejam os 30min diários dedicados a tal movimento!

Fotografia: Juliana Manzato

Não tenho pretenção de ir para uma competição, o treino é para diversão. A corrida proporciona entre tantas coisas, conhecer lugares de maneira mais presente. É diferente do carro, do transporte publico, etc. A corrida faz com que você vivencie lugares e conheça pessoas.

Corra! Corra muito!

Diferente de outros tantos esportes, a corrida cabe na mala. Um bom tênis, fone de ouvido e uma troca de roupa. Pronto! Se a vida pede praticidade, a corrida te entrega muito mais que isso, te dá força de vontade.

Num período tão propício para se dar férias de atividade fisica eu te digo, movimente-se! Férias não é desculpa, pelo contrário, é o argumento ideal para conhecer o destino correndo e de quebra dar de cara com visuais incríveis.

Não deixa para a volta das férias o que você pode fazer durante ela. Vai por mim, leva um tênis na mala e na primeira oportunidade saia para correr.

Tenho certeza que será um baita presente de final de ano 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Leia mais

2021 JÁ É MÊS QUE VEM, E AI?

Leva-se tempo para construir um novo hábito, bem como criar consciência para novas escolhas. O famoso "não é para ter pressa, mas também não vamos perder tempo". Uma boa reflexão para ser feita hoje, amanhã e depois, e para sempre. Todos os dias podemos subir mais um degrau, ressignificando aquilo que já não faz mais sentido.
Leia mais

PRECISAMOS FALAR SOBRE MULHERES; PRECISAMOS FALAR SOBRE FUTEBOL

Uma mulher tomar as proporções que Marta tomou, principalmente no futebol, feriu a sensível masculinidade de milhares de homens. Saímos do armário, queridos. Estouramos a bolha, amores. Marta é a maior, com ou sem aquele apelido imbecil de "pipoqueira" que esses mesmos homens criaram. O que incomoda não é o futebol, é a postura. É a causa. É uma mulher ser ouvida. E mais do que isso, é uma mulher fazer barulho e acordar tantas outras - jogando futebol.
Leia mais

OI, CONTEÚDO ESPORTIVO!

Escolher trabalhar com conteúdo esportivo foi desafiador, não pelo conteúdo em si, já que desde que me conheço por gente prático e acompanho os mais diversos esportes - o que facilita bastante, mas não é o suficiente. O tempo todo você precisa provar que você sabe do que está falando, que estudou para aquilo, que abraçou aquele projeto porque você tem competência para tanto.
Leia mais

E A MÁSCARA?

Mas basta andar um pouco para ver gente com máscara no queixo, na mão ou até mesmo sem máscara. Não é diferente ali no mundo instagram, é rolar feed, story e reels, que sempre pinta alguém fazendo a "terapia do dia" sem o devido cuidado, e pior, deixando registrado nas redes o que faz. Gente com alguns milhares de seguidores, que fala de saúde, bem estar, conexão, gratidão...