Leia mais

ANA MARCELA CUNHA É BRABA

O que eu mais gosto como jornalista é contar histórias. Melhor ainda é poder se inspirar de alguma forma com essas histórias. Eleita melhor do mundo pela FINA seis vezes (!) e muito longe de receber o reconhecimento que deve pela mulher incansável que é: Ana Marcela Cunha é braba.
Leia mais

SOBRE RECOMEÇOS

Os recomeços doem. O seu corpo não é mais o mesmo. Entender o processo e amadurecer a corrida é difícil - mesmo que o corpo tenha memória. Não é só retomar o ritmo, é, também, não pegar pesado com você mesma.
Leia mais

OI, CONTEÚDO ESPORTIVO!

Escolher trabalhar com conteúdo esportivo foi desafiador, não pelo conteúdo em si, já que desde que me conheço por gente prático e acompanho os mais diversos esportes - o que facilita bastante, mas não é o suficiente. O tempo todo você precisa provar que você sabe do que está falando, que estudou para aquilo, que abraçou aquele projeto porque você tem competência para tanto.
Leia mais

SÓ SE FOR ASSIM

Um homem que é ativista na rede social, mas dentro da empresa que trabalha não luta por igualdade de gênero, não é tão ativista assim. É necessário sair da rede social e fazer mais no dia a dia.