Antes de mais nada, quero começar esse post falando com todas as mulheres que sofreram ou sofrem abusos, de qualquer tipo: vocês não estão sozinhas.

É preciso juntar os cacos e criar coragem para fazer uma denúncia. Não só isso, expôr uma situação de assédio é sem dúvida, uma das situações mais cruéis que uma mulher pode viver – tanto quanto vivê-la.

Semanas atrás, a Comissão de Ética da Confederação Brasileira de Futebol, CBF, composta por três homens, em decisão unânime concluiu que não houve assédio sexual por parte de Rogério Caboclo até então presidente da instituição, afastado do cargo depois que a denúncia veio a público. Na decisão, Cabloco recebeu suspensão de 15 meses por conduta inapropriada. Segundo eles, os três homens, “é impossível afirmar que houve assédio sexual”. Abaixo te relembro algumas das falas de Cabloco para a vítima, ex-funcionária da CBF.

-“Você se masturba?”

-“Ela (esposa de Caboclo) tem a b… dela e eu tenho o meu p…”

-“Seu coração tá no cabeção ou no pilotão?”


Além de também ter chamado a vítima de “cadelinha” e oferecido biscoitos de cachorro, entre outras falas nojentas. Será mesmo que 3 HOMENS podem decidir se foi ou não assédio?

(cri cri cri)

Nesse contexto – e em muitos outros – fica MUITO difícil para nós, mulheres, nos sentirmos seguras em denunciar crimes como esse. O resultado que tivemos na instituição mais nobre do futebol brasileiro não só desencoraja mulheres a denunciar como parece tratar o ocorrido com descaso.

Um dos tantos papéis do esporte, o principal deles é ser acolhedor em todos os âmbitos, dentro e fora de campo. Uma comissão de ética formada por TRÊS HOMENS (eu insisto, porque parece piada) não pode ser a solução para casos como esse. Precisamos de equidade, precisamos de respeito, precisamos de seriedade. Rogério Cabloco é um abusador (novas denúncias apareceram depois dessa) e um criminoso.

foto: Agif

Espero que essa decisão vergonhosa não desestimule as mulheres de fazerem denúncias, e não abra brechas para que novos crimes aconteçam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like
Leia mais

EU NÃO SEI A IDADE QUE EU TENHO!

O combo de jovem mulher empreendedora no mundo esportivo é um cargo e tanto. Exige coragem, talvez algo que nunca tenha me faltado, confesso e sei reconhecer. Só não sei se realizo tudo que aconteceu comigo até aqui. Só sei o quanto agradeço por tudo e por estar aqui e agora.
Leia mais

2021 JÁ É MÊS QUE VEM, E AI?

Leva-se tempo para construir um novo hábito, bem como criar consciência para novas escolhas. O famoso "não é para ter pressa, mas também não vamos perder tempo". Uma boa reflexão para ser feita hoje, amanhã e depois, e para sempre. Todos os dias podemos subir mais um degrau, ressignificando aquilo que já não faz mais sentido.